Departamento PessoalFuncionáriosProdutividade

Estrutura Organizacional. Entenda a importância para empresa

Posted

A estrutura organizacional, é a forma de organizar os departamentos, atividades e recursos com a finalidade em cumprir os objetivos da empresa ou instituição.

A estrutura organizacional

Com essa estrutura, é possível visualizar como os recursos estão distribuídos pelas áreas e como a empresa caminha para atingir objetivos estratégicos.

Uma estrutura organizacional bem definida, auxiliará em analises de produtividade, desempenho individual ou por setor, traçando estratégias motivacionais e até integração entre setores e funcionários.

Mas, um dos principais pontos da estrutura é identificar as tarefas necessárias, organizar funções e determinar responsabilidades. Afinal, uma empresa eficiente conta com pessoas que sabem quais são seus papéis dentro da organização.

Tudo isso permite à alta gerência e ao departamento de Recursos Humanos tomar as ações necessárias. Já a equipe Administrativa, consegue ter um panorama mais amplo para fazer projeções orçamentárias de forma correta.

Mas, é necessário identificar qual o tipo de estrutura organizacional mais adequada a sua empresa

Estruturas organizacionais

A estrutura representa a relação entre empregados e seus líderes, bem como as responsabilidades de todos os recursos da empresa. Os métodos mais conhecidos são as estruturas verticais e horizontais. Mas existem outros tipos de estruturas que possam se adequar a sua empresa. Veja abaixo alguns deles.

Estrutura Vertical ou em Linha

Na vertical o CEO encontra-se no topo e, abaixo dele, estão as divisões com os respectivos diretores. Ou seja, a escada desce até chegar aos cargos mais inferiores. Nessa organização, as decisões são tomadas com base no nível hierárquico.

Estrutura Horizontal

Na estrutura horizontal, os funcionários têm autonomia para tomar decisões, não necessitando de vários gerentes ou superiores para isso. �? um sistema mais informal, bastante comum em empresas menores.

Estrutura Funcional

A estrutura funcional é parecida com a vertical, mas ao invés de utilizar cargos em forma hierárquica, representa os departamentos, por exemplo, administrativo, contábil, marketing, financeiro, etc.

Estrutura Divisional

Esse tipo de estrutura é utilizado por empresas de porte grande ou com diversos produtos e serviços, ou até mesmo uma carteira de clientes variada. Sendo constituído por divisões autossuficientes, com equipes e departamentos direcionados somente aquele objetivo (clientes, produtos ou serviços, localização geográfica, por projetos ou por processos).

Estrutura Matriarcal

Essa estrutura é definida por dois métodos, intercalados entre uma visão funcional e divisional. Tendo assim dois chefes, um do departamento e outro de projeto. O objetivo é ter um rendimento maior.

Esta é a forma mais utilizada em grandes empresas, pois cada área tem o tipo de estrutura que melhor se adapta à execução de suas tarefas.

Estrutura em Rede

Essa estrutura foi desenvolvida devido ao estilo digital de algumas empresas. Com tanta tecnologia, algumas empresas estão deixando de ocupar espaços físicos para ocuparem espaços digitais. �? comum nessa estrutura ter funcionários em estilo home office. Boa parte não conta com hierarquias, mas sim projetos, onde o objetivo final é entregar dentro do prazo. Podendo assim ser possível trabalhar com pessoas de outros pais interligadas por projetos.

Estrutura em projetos

O conceito dessa estrutura é flexível e mutável, sendo adotada mais por construtoras, consultorias e empresas que trabalham por projetos, como construtoras, consultorias e empresas que trabalham por projetos. As equipes são montadas de acordo com a especificidade do projeto, podendo assim escolher profissionais com qualificações especificas ao do projeto.

 

Conhecendo um pouco de todas as estruturas apresentadas, é possível verificar qual se adequa melhor a sua empresa. Você não precisa adotar somente um tipo, mas poderá mesclar as características que mais se enquadra a sua empresa.

Independentemente do método ou estratégia que você pretende adotar, o melhor é que em todos os casos o mais recomendado é que entre o CEO e a linha de frente, não haja mais do que três níveis de hierarquia. Então, elimine gerências desnecessárias do seu organograma.

 

O segredo para que você tenha sucesso é: estrutura e planejamento estratégico bem alinhados.