FinanceiroPlanejamento

Como a gestão financeira poderá ajudar na crise

Post

Crises podem ser traduzidas como a quebra da normalidade. Elas começam com algum fator, externo ou interno, que impacta, geralmente, de forma negativa a imagem e a reputação das empresas. O financeiro é um dos setores capazes de minimizar as consequências provocadas por uma crise.

A crise do novo Coronavírus, por exemplo, tem provado para as empresas (grandes e pequenas) a necessidade de uma gestão financeira. Afinal, esse é um momento de queda nas vendas e no faturamento. Como é possível sobreviver assim?

A contratação de uma equipe de contabilidade para organizações se tornou uma obrigação para empreendedores que não querem perder seu negócio, ainda mais em momentos de recessão.

 

A cultura de prevenção de riscos

Empresas que adotam uma cultura organizacional de prevenção de crises já estão um passo à frente. Isso porque a maioria das situações de impacto negativo ocorre devido a um erro humano.

A falta de planejamento e de análise financeira, por exemplo, são dois erros comuns entre empreendedores.

No entanto, para que essa cultura traga bons resultados, todos os setores precisam trabalhar juntos e unir forças. Ou seja, é necessária uma gestão integrada de todos os departamentos. O financeiro, principalmente.

A gestão financeira possibilita que empresas cresçam de forma sustentável. Afinal, os profissionais dessa área são capacitados para muito mais do que gerir lucros, gastos e receitas.

São eles que, de acordo com o planejamento, viabilizam investimentos, operação e, principalmente, a proteção da companhia.

 

Como a gestão financeira pode ajudar empresas em momentos de crise

É durante uma situação que repensamos no nosso propósito e, principalmente, nas nossas ações. Com empresas, essa dinâmica não poderia ser muito diferente.

Profissionais da área contábil ou financeira aproveitam esse momento para direcionar esforços para onde é preciso. Assim, reavaliam diversas atitudes que poderiam prejudicar o desenvolvimento corporativo.

Como falamos, a cultura de prevenção é essencial para evitar crises. Prever cenários faz parte do planejamento financeiro e permite que o empreendedor entenda suas possibilidades no futuro.

A análise de todas as despesas também é função da gestão financeira e extremamente necessária para definir estratégias e correções. Talvez seja possível negociar uma dívida ou até mesmo contratar outro fornecedor.

Saber onde está o erro é a chave para não errar mais.

Outro ponto em que a gestão financeira é imprescindível é na adaptação de serviços. Durante uma crise, é importante pensar em outras soluções para o faturamento da empresa. O trabalho do contador ou do economista é viabilizar essas possibilidades.

Muitas empresas, por exemplo, aderiram ao delivery para entrega de seus produtos. Promoções também são opções para não diminuir as vendas, assim como adotar novas formas de pagamento.

Contudo, o fluxo de caixa constante talvez seja um dos principais desafios para a gestão. E é ele que poderá garantir como a sua empresa lida com a crise. Um bom caixa deve cumprir com seus compromissos pelo maior período possível: folha de pagamento, empréstimos, manutenção…

Deseja saber mais sobre como a gestão financeira pode ajudar no desenvolvimento da sua empresa? Acesse o nosso site ou entre em contato conosco.

 

21 comentários sobre “Como a gestão financeira poderá ajudar na crise

  1. Pingback: qiuqiu99 bandar
  2. Pingback: https://ccaps.net/
  3. Pingback: relax
  4. Pingback: slotjili
  5. Pingback: sian24
  6. Pingback: polaris canada
  7. Pingback: spin238
  8. Pingback: ks quik
  9. Pingback: niches youtube
  10. Pingback: som777
  11. Pingback: altogel slot

Os comentários estão fechados.