PlanejamentoTributário

Governança corporativa. Entenda porque é tão importante!

Post
governança-corporativa

Provavelmente você deve ter escutado, visto ou mesmo ter vivenciado algo relacionado a Governança Corporativa. Porém, a prática deste conceito é um pouco complexa e muitos empresários acabam por não implementar.

Mas, independentemente do tamanho ou porte da sua empresa, ter governança corporativa fará com que ganhe destaque no mercado em que atua, além de inúmeros benefícios.

Para saber como essa prática pode ser benéfica ao seu negócio, detalhamos em alguns tópicos a seguir, confira!

 

Mas, o que é Governança Corporativa?

Segundo o Oraculo “Google”, podemos ver diversas definições para o termo “Governança Corporativa”. Mas, de uma forma simples e sucinta, podemos descrever como “cultura organizacional”.  Sabemos que, dependendo da cultura, há diversas instruções, regras, formas, e conceitos a serem aplicados.

Na governança corporativa, várias regras e procedimentos dão sentido à rotina do negócio, tendo mais agilidade, transparência e autonomia às atividades. Além de alinhar os interesses entre os administradores e seus sócios, independente de que tamanho ela seja.

Pode parecer que não, mas as vezes, até uma reunião pode ser o impasse para as estratégias da empresa.

Sabemos que, quanto mais pessoas nos processos da “tomada de decisão”, mais complexo se torna chegar a um único objetivo. Isso acontece com mais frequência em empresas que tenham sócios administradores. Já imaginou a dificuldade de bater o martelo quando dois sócios majoritários discordam?

Bom, em outras palavras, a governança põe ordem na casa.

 

Princípios

É necessário, primeiramente, que a empresa tenha seus princípios pautados, como valores, responsabilidade, transparência e eficiência, para então estabelecer estruturas específicas de implementação desses valores.

A governança corporativa é uma forma de cultura empresarial, também pautada sobre princípios, como transparência, equidade, prestação de contas e responsabilidade corporativa

Segundo o IBGC, “Os princípios básicos de governança corporativa permeiam, em maior ou menor grau, todas as práticas do Código das Melhores Práticas de Governança Corporativa, e sua adequada adoção resulta em um clima de confiança tanto internamente quanto nas relações com terceiros”.

 

Estruture!

Como todo projeto empresarial, é essencial que se tenha o alinhamento entre pessoas e processos e, mantendo um monitoramento, evitando possíveis deslizes.

 

Regras e hierarquias

Estabelecer regras significa estipular normas para estruturar a organização e delimitar o que cada um faz, a quem faz, e para quem faz. Para isso, é importante que os funcionários e as equipes saibam claramente a quem responder (nível hierárquico).

Podemos utilizar funcionários, por exemplo, que atendam a mais de uma função com demandas em times distintos, deve ficar claro a quem eles devem se reportar, pois caso isso não esteja alinhado, a capacidade de entrega destes funcionários pode ficar comprometida.

No caso de um presidente, por exemplo, deve receber a responsabilidade da decisão final, em uma situação de impasse. No caso de uma diretoria com igualdade de papéis, esse cargo de “presidente” pode ser rotativo.

Nesse caso, é importante saber como está estruturada a sua empresa.

Leia mais: Estrutura Organizacional. Entenda a importância para empresa

 

Acompanhamento

Monitore o processo através de auditorias para saber se as regras e procedimentos estabelecidos estão sendo cumpridos e, se há algo para reorganizar.

Além disso, faça reuniões periódicas, entre equipes, entre sócios e entre o Conselho Administrativo, quando você vir a formar um. É importante que entre essas reuniões sejam feitos os acompanhamentos dos projetos, passadas novas diretrizes da empresa e feito planos de ação referentes a metas e indicadores. Essa é uma forma de manter um controle administrativo mais eficiente da empresa e acompanhar seu progresso.

 

Benefícios da Governança Corporativa

Como você pode notar, a governança corporativa dará estruturação para que a sua empresa tenha mais transparência, além de ter mais credibilidade perante investidores.

Listamos alguns benefícios que podem ser encontrados em uma empresa com governança corporativa, como:

Melhora na gestão empresarial: alinhando os interesses para que se definam os melhores objetivos estratégicos para a organização. Além de converter princípios, missões, valores e outros conceitos abstratos em ações concretas e efetivas;

Descentralização de decisões: estrutura a forma de organização hierárquica da empresa, podendo assim facilitar a tomada de decisão por competências;

Preserva e aumenta seu valor: garantindo sua longevidade econômica de forma sustentável;

Retém e atrai talentos: com uma estrutura bem definida, a rotatividade de funcionários acaba diminuído e ajuda a atrair os melhores profissionais para qualificar ainda mais o quadro de colaboradores;

Atrai investidores e clientes: empresas reconhecidas por sua transparência e boas práticas de gestão costumam ter as melhores condições de negócio, e por esse motivo, acabam atraindo mais clientes e possíveis investidores.

É possível perceber que os benefícios de uma governança corporativa se estendem do princípio da sua implantação até a sucessão, pois além de trazer transparência, agrega valor de mercado a sua marca.

A sua empresa pode ser a próxima Apple, ou não. Isso caberá somente a você e a suas decisões de implantar uma governança corporativa para alcançar o sucesso!

Quer saber mais sobre como planejar e estruturar sua empresa?

Veja mais postagens em nosso blog!

12 comentários sobre “Governança corporativa. Entenda porque é tão importante!

  1. Pingback: jazz
  2. Pingback: Bau14c
  3. Pingback: EV Charger
  4. Pingback: peaceful music
  5. Pingback: bacon999
  6. Pingback: dispenseroo
  7. Pingback: dee88

Os comentários estão fechados.