ContabilidadePlanejamento

Como abrir uma transportadora de cargas?

Post
Abrir transportadora

Para quem pretende abrir uma transportadora, precisa compreender que a forma de constituição e exigências, são bem diferentes.

Abrir a própria empresa é o sonho de muitos empreendedores, mas para cada seguimento, o empreendedor precisa compreender as etapas que o esperam nesse caminho.

O objetivo aqui é  auxiliar entre os caminhos e curvas tortuosas que uma transportadora precisa fazer para chegar até o seu objetivo final, transportar!

 

Antes de começar a andar…

Bom, antes de começarmos a dar os primeiros passos, é importante saber sobre transportadoras e os tipos de cargas diferentes que existem como:

 

  • Transporte de cargas pesadas
    Trata-se do tipo mais convencional, caracterizado pela entrega de cargas que não exigem veículos ou procedimentos especiais.

  • Transporte de encomendas
    O processo inicia pela coleta da carga no local de envio, o transporte e a entrega no endereço de destino, com prazos e locais previamente estabelecidos.

  • Transporte de mudanças
    Utilizado como o auxílio para processo de mudanças, seja residencial ou empresarial. o destinatário costuma ser o próprio remetente, ou seja, a mesma pessoa física ou jurídica. 

  • Transporte de cargas perigosas
    O Código Brasileiro de Trânsito e instrumentos de normatização, estabelecem uma série de exigências para as transportadoras que atuam nesse segmento do mercado, devido a sua complexidade, que o tráfego, o carregamento, a manipulação, a armazenagem e o descarregamento têm padrões para serem seguidos. 
  • Transporte de medicamentos
    Esse é um segmento bastante especializado, pois é necessário cuidados com a carga referente a embalagem, manuseio, temperatura, perecibilidade, acondicionamento, entre outros.

isso precisa estar pré-estabelecido para você começar a tirar sua transportadora do papel. Você pode optar por ser uma transportadora de encomendas e medicamentos ou optar uma transportadora de carga geral, isso dependerá do seu objetivo. 

 

Vamos traçar a rota

“Devagar se vai ao longe”. O ditado é antigo, mas não falha. Vimos que primeiro precisamos definir como será e de que forma queremos abrir uma transportadora, agora você precisa compreender o processo estratégico.

Definir o que é, como é, e para o que ou quem, é o seu negócio

Descreva sobre o que é o seu negócio, o que ele fará de um modo prático e todo detalhamento de como ele será após a constituição, e para qual ramo será. Lembre-se, o mercado é vasto, existe a possibilidade de trabalhar só com o B2B e com o B2C, isso você precisa definir. 

Quais os principais serviços oferecidos

É importante definir quais tipos de serviços você irá oferecer, quais os benefícios, quais as vantagens e até possíveis desvantagens do produto ou serviço. Ter essas coisas alinhadas, podem fazer muita diferença.

Público-alvo

Para muitos, a definição do público-alvo é definida por suas características físicas e padrões pré-estabelecidos, mas não é bem assim. Quando você define o público que quer atingir, você estuda toda forma de consumo, além de um perfil demográfico, geográfico, há necessidade do psicográfico, pois assim você terá ideia de como será o comportamento desse publico para o consumo do seu produto.

Localização da empresa

Escolha um local adequado ao tipo de transporte que deseja seguir. A dica é sempre buscar locais que “facilitem” acessos a rodovias (em casos de cargas que sejam transportadas para outras cidades ou estados). Não é regra, mas um bom local evitará desconfortos futuros.

Capital de investimento

Para abrir uma transportadora, ou qualquer outra empresa, você precisará de um capital. O mais interessante nesse caso, é conversar com especialistas financeiros para você não gastar de mais ou desnecessariamente.

Faturamento mensal

Aqui você pode colocar uma prévia do que deseja faturar, mas seja cauteloso, projete o faturamento em períodos de curto, médio e longo prazo, assim você poderá traçar as estratégias com base nos objetivos que deseja alcançar.

Para auxiliar, nós separamos 10 dicas para não errar no plano de negócios.

 

Analise o “melhor trajeto”

Como mencionamos anteriormente, escolher o tipo de transporte é importante para saber como será a operação do seu negócio. Você precisará definir que tipo de carga que pretende transportar. A empresa vai realizar transporte rodoviário de carga fechada ou fracionada? Vai ser carga líquida ou química? Isso irá facilitar no tipo de caminhão que fará o transporte.

 

Escolha o melhor caminho

Como a pergunta acima, você também deve se perguntar qual o melhor tipo de “mão-de-obra”. Escolher em trabalhar com a sua própria frota ou terceirizar o serviço de cargas, é uma decisão muito importante, pois irá definir os gastos com contratação de serviços ou funcionários.

 

Ainda em “Ponto Morto”.

Você precisa estruturar tudo que já foi dito. Então, aqui você irá estruturar a sua transportadora. Dependo do tamanho, você irá precisar de um local inicialmente pequeno, podendo ser um galpão a onde você possa manter a frota, organizar as mercadorias (quando necessário) e um escritório para a administração e financeiro do negócio.

  • Então, para se planejar, monte um checklist com:
  • Veiculos de carga (se for frota própria);
  • Contratação de colaboradores para todos os setores;
  • Equipamentos, mobílias, objetos para o processo de cargas e outros;
  • Sistema de gestão de transportes.

 

Com o pé na embreagem, está quase tudo pronto!

Após concluir todas as etapas, vamos iniciar a formalização da sua transportadora. Para isso, será necessário:

  • Verificar se os CNAES estão de acordo com a prefeitura;
  • Aprovado com AVCB;
  • Cadastro nos órgãos competentes;
  • Constituição contrato social e registrados nos órgãos e instituições competentes;
  • Consulta de Benefício Fiscal.

Quer saber os detalhes?
Acesse nosso material. o link está disponível no final deste artigo. 

 

Mas, Segurança é tudo.

Antes de acelerar, vamos pensar na segurança da sua empresa. Você sabe por que um Seguro de Carga é importante?

Os seguros de transportes de carga são essenciais em função dos muitos riscos que envolvem os transportes em si. Sendo os principais e mais comuns: Os riscos de acidentes de trânsito, avarias na carga e roubo ou desaparecimento da carga.

E a preocupação é contínua: “Caso aconteça algum prejuízo com a carga, e ela não tenha seguro… Quem vai pagar?”

Bom, se esse item não estava na sua lista, que tal começar a questionar um seguro para a sua transportadora?

Para te auxiliar, veja essas dicas sobre segurança para transportadoras: Dicas sobre o setor de transporte.

 

Vamos!

Após percorrer todo caminho, você está preparado e habilitado para iniciar a sua transportadora. Daqui por diante, os próximos passos serão definidos por você!

Só um lembrete: para que tudo isso funcione, ter uma contabilidade com especialidade em transportadoras, será um diferencial nas suas operações fiscais.

Quer saber mais?
Separamos um conteúdo exclusivo para você!

Veja os três principais passos para você abrir uma empresa de transportadora!