Departamento PessoalFinanceiroFuncionários

Qual melhor tipo de remuneração para os funcionários da sua empresa?

Posted
remuneração funcionários

Manter os funcionários engajados não é uma tarefa fácil, principalmente com as mudanças no mercado financeiro. A rotatividade em algumas empresas é uma das maiores preocupações de empresários. Porém, uma boa estrutura organizacional, poderá amenizar alguns impactos que a empresa possa sofrer.

Quando falamos sobre a remuneração adequada para a empresa, não podemos confundir com salário, pois segundo o dicionário Aurélio, “significa recompensa, prêmio, gratificação, salário e pode ser compreendida como o agrupamento de todas as formas de vencimentos e recompensas”.

Criar metas, premiações, descansos, entre outros, podem ser ótimos atrativos para manter uma competitividade e a retenção desses profissionais. Quando são bem reconhecidos profissionalmente, os funcionários elevam naturalmente seu nível de engajamento ao perceber que seu trabalho é valorizado.

Se você tem a remuneração com uma das principais estratégias na sua empresa ou pretende parametrizar, veja algumas delas e quais se adequam melhor a sua empresa.

 

Remuneração variável

A remuneração variável é um dos benefícios mais utilizados por empresas para estimular os funcionários, principalmente em empresas que tem metas (vendas, cobranças, produtividade e outras).

Está diretamente ligada ao desempenho do funcionário. É um método para empresas que pretendem maximizar os resultados, analisar a produtividade individual ou por grupo, estimulando um padrão de produtividade alto.

 

Remuneração Funcional

Esse tipo de remuneração é o mais tradicional entre as empresas, conhecido como Plano de Cargos e Salários. Nesse caso, é avaliado a descrição de cargos, avaliação desses cargos, faixas salariais competitivas com a do mercado, uma política para administração dos mesmos.

Para empresas que pretendem aplicar esse método, será uma forma de manter o equilíbrio dentro da empresa, pois serão definidos os critérios para mudança de cargo e salários, requisitos e competências para assumir determinada posição, entre outros.

 

Remuneração por habilidades

Como o próprio nome já diz, esse tipo de remuneração valoriza as competências e habilidades que o funcionário tem sobre a função.

Esse tipo de remuneração é voltado para cargos de nível operacional, visando desenvolver carreiras pelo conhecimento e não pelos níveis hierárquicos.

 

Remuneração por competências

Esse tipo de remuneração é mais comum em cargos gerenciais, após o funcionário apresentar suas aptidões para o cargo. Tem características semelhantes a remuneração por habilidades.

É um sistema de remuneração muito inovador, pois o foco está na pessoa. É ótimo para a empresa, pois estimula a competitividade.

 

Salário Indireto

Não podemos classificá-lo como salário, pois não se aplica como base de cálculo para as verbas remuneratórias.
Nesse caso, são conhecidos mais como benefícios, onde a empresa disponibiliza por livre e espontânea vontade.

Exemplo: assistência médica e odontológica, o vale-refeição e alimentação, auxílio farmácia, convênios com instituições de ensino, auxílio creche, dentre outros.

 

Como pudemos ver, cada tipo de remuneração tem uma especificação e se adéqua a diversos tipos de empresas.

Mas, é importante ressaltar que, algumas remunerações acabam sendo inclusas na folha de pagamento, gerando incidência sobre o valor. Para que a sua empresa possa remunerar seus funcionários corretamente, o melhor é sempre consultar o departamento responsável pela folha de pagamento ou a contabilidade responsável da sua empresa.

Caso você tenha dúvidas sobre a remuneração e a incidência sobre a folha, consulte nosso departamento pessoal.