ContabilidadeEmpreendedorProdutividade

Balancete de verificação contábil

Posted
  • O que é o balancete de verificação?
  • Importância do balancete para sua empresa
  • Analise o seu balancete

Como gestores, recebemos diversos documentos ao longo do dia, semana ou mês. Administrar cada documento com suas peculiaridades exige atenção e tempo. Mas, como lidar com essas informações e otimizar o tempo a nosso favor?

Não temos uma formula mágica, mas podemos auxiliá-lo com o balancete de verificação contábil da sua empresa.

O que é o balancete de verificação?

O Balancete de verificação é um relatório que antecede o balanço patrimonial. Nele constam todas as contas patrimoniais e de resultados assim como seus respectivos saldos iniciais, movimentação (débito e crédito) e o saldo final. Através dele conseguimos conciliar e analisar a movimentação da empresa podendo assim verificar se houve falhas ou gastos desnecessários. Já no balanço patrimonial, constam somente patrimônios e saldo final, ou seja, o que se tem disponível, o que se deve e o resultado. Pode-se dizer, portanto, que a diferença entre ambos é que um apresenta o cenário empresarial de forma analítica e outro de forma sintética, respectivamente.

Importância do balancete para sua empresa

Em toda empresa existem saídas e entradas de origem financeira, patrimonial ou fiscal. Por esta razão podemos dizer que o balancete é o demonstrativo da saúde financeira de uma empresa, visto que relaciona todas as movimentações lançadas no livro diário, isto é, os débitos e créditos, de forma cronológica e individual.

Acompanhar o balancete periodicamente é de extrema importância, pois desta maneira o gestor poderá visualizar com maior precisão como está o seu negócio podendo gerenciar e tomar de decisões de maneira mais eficiente.

Analise o seu balancete

Muitos empresários podem se confundir com o significado de débito e crédito na esfera contábil e desta forma não conseguir analisar corretamente o documento, pois o conceito é diferente do bancário, mas é simples. Considera-se que crédito são as movimentações de saída e débito às de entrada.

O ativo terá suas contas alocadas por ordem de liquidez, isto é, do que poderá se tornar disponível (em dinheiro) mais fácil e rapidamente em relação a outras contas que levariam mais tempo para essa transformação. Já o passivo terá suas contas alocadas por ordem de exigibilidade, ou seja, do que deverá ser quitado em menor prazo em relação às contas de maior prazo.

O patrimônio líquido apresenta o capital e o resultado da empresa. Nele constará a Receita – que vai desde o faturamento aos rendimentos bancários – e Custos e Despesas, que corresponde aos desembolsos da empresa.

Como o balancete é de responsabilidade da área contábil, periodicamente é feito o repasse ao gestor da empresa. A periodicidade de entrega do balancete pode variar de uma empresa para outra, sendo mensal a semestral.

Essa análise de período do balancete é definida entre o gestor e a contabilidade. Procure uma contabilidade que possa dar o melhor suporte para o seu negócio e no gerenciamento de suas operações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.